O Dia Internacional da Tolerância - 16 de novembro

A data foi aprovada pelos estados membros da UNESCO após a celebração, em 1995, do Ano das Nações Unidas para a Tolerância.

A celebração do Dia Internacional da Tolerância visa promover o bem-estar, progresso e liberdade de todos os cidadãos, assim como fomentar a tolerância, respeito, diálogo e cooperação entre diferentes culturas, povos e civilizações. É um dia destinado não só aos governos e organizações, mas também às comunidades e aos cidadãos, cabendo a todos promover a tolerância no seu espaço e no mundo.

Realizam-se neste dia encontros, debates, campanhas de informação, entre outras iniciativas. A ênfase vai para a educação, para a tolerância e para as várias formas de injustiça, opressão, racismo e discriminação, assim como para as consequências deste na sociedade.

A instauração da data é baseada na Declaração Universal dos Direitos Humanos, nomeadamente nos artigos 18.º, 19.º e 26.º:

  • “Todas as pessoas têm direito à liberdade de pensamento, consciência e religião.”

  • “Todos têm direito à liberdade de opinião e expressão.”

  • “A educação deve promover a compreensão, a tolerância e a amizade entre todas as nações, grupos raciais e religiosos.”